Archive Pages Design$type=blogging

1

Bolsonaro critica o TSE e diz: "Nós (militares) jamais cumpriríamos ordens absurdas"

Foto: Reprodução/UOL Por Matheus Simoni do Metro 1 O presidente Jair Bolsonaro (Sem partido) afirmou que...


Bolsonaro volta a dizer que morrer é normal no dia em que óbito é ...
Bolsonaro volta a dizer que morrer é normal no dia em que óbito é ...
Foto: Reprodução/UOL



























Por Matheus Simoni do Metro 1


O presidente Jair Bolsonaro (Sem partido) afirmou que Forças Armadas não aceitarão “um julgamento político para destituir um presidente democraticamente eleito”, comentando o mesmo tema da nota divulgada pelo Planalto na semana passada. Ainda segundo o chefe do Executivo, a análise pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE) de um processo que pode levar à cassação da chapa presidencial é "começar a esticar a corda".

"Nós, militares das Forças Armadas, e eu também sou militar, somos os verdadeiros responsáveis pela democracia em nosso país”, disse Bolsonaro, em entrevista à rádio e TV BandNews. "Nós jamais cumpriríamos ordens absurdas, mas também jamais aceitaríamos um julgamento político para destituir um presidente democraticamente eleito", acrescentou o presidente.

Na sexta-feira (12) da semana passada, em nota divulgada pelo governo —que foi assinada também pelo vice-presidente Hamilton Mourão e pelo ministro da Defesa, Fernando Azevedo—, sobre o julgamento das primeiras duas ações contra a chapa Bolsonaro-Mourão, vitoriosa nas eleições de 2018. "Me julgar por uma página que ficou fora do ar por menos de 24 horas para cassar a chapa Bolsonaro-Mourão? É inadmissível isso aí. Isso, no meu entender, é começar a esticar a corda. É começar a alimentar uma crise que não existe da nossa parte. Como vou dar golpe se já sou presidente da República?", indagou Bolsonaro. 

Ainda na entrevista, o presidente minimizou um risco de intervenção militar e que é "digno de pena" que alguém levante uma faixa em um protesto a favor da reedição de um AI-5. Segundo ele, o Supremo Tribunal Federal (STF) não precisava ter delimitado a interpretação sobre a atuação das Forças Armadas. "Não existe intervenção militar. O artigo 142 nem precisava o ministro Luiz Fux, monocraticamente, atender a um pedido do PDT", afirmou. "Como se o nosso alto comando das Forças Armadas fosse formado por pessoas que não soubessem qual o seu papel em uma democracia", acrescentou o presidente.

COMENTÁRIOS

Nome

Bahia Brasil & Mundo Cultura Esportes Novidades Política RMS Sem Mesmice
false
ltr
item
O Kotidiano: Bolsonaro critica o TSE e diz: "Nós (militares) jamais cumpriríamos ordens absurdas"
Bolsonaro critica o TSE e diz: "Nós (militares) jamais cumpriríamos ordens absurdas"
https://conteudo.imguol.com.br/c/parceiros/27/2020/05/28/presidente-da-repuacuteblica-jair-bolsonaro-sem-partido-1590670543300_v2_450x337.jpg
O Kotidiano
http://www.okotidiano.com.br/2020/06/bolsonaro-critica-o-tse-e-diz-nos.html
http://www.okotidiano.com.br/
http://www.okotidiano.com.br/
http://www.okotidiano.com.br/2020/06/bolsonaro-critica-o-tse-e-diz-nos.html
true
4030737518951757951
UTF-8
Not found any posts VEJA MAIS Saiba mais Reply Cancel reply Delete Publicado por Home PAGES PUBLICAÇÕES VEJA MAIS VEJA OUTRAS NOTÍCIAS ARCHIVE BUSCAR POR O que você procura não foi encontrado Voltar a página incial do Portal Domingo Segunda Terçay Quarta Quinta Sexta Sábado Dom Seg Ter Qua Qui Sex Sab Janeiro Fevereiro Março Abril Maio Junho Julho Agosto Setembro Outubro Novembro Dezembro Jan Fev Mar Abr Mai Jun Jul Ago Set Out Nov Dez just now 1 minute ago $$1$$ minutes ago 1 hour ago $$1$$ hours ago Yesterday $$1$$ days ago $$1$$ weeks ago more than 5 weeks ago