SEMBA Por Reginaldo Dias

REGINALDO DIAS Formado em História na Universidade Jorge Amado Pós Graduação - História Social Política e Econômica do Brasil NOVEMBRO DE 20...



REGINALDO DIAS
Formado em História na Universidade Jorge Amado
Pós Graduação - História Social Política e Econômica do Brasil
NOVEMBRO DE 2021









Depois de longos anos de domínio de Portugal, República de Angola localizado no Continente Africano conquista sua independência em 11 de novembro de 1975, sua capital se chama Luanda, O nome Angola é uma derivação portuguesa do termo Banto n’gola, título dos reis do Reino do Ndongo. O termo ngola tem raízes no termo ngolo que significa "força" em Quimbundo e em Quicongo línguas dos povos ambundos e congos respectivamente, após sua independência a língua oficial é o português de Portugal. As línguas mais faladas além do português são Quimbundos e Umbundos.

O RITMO QUE DOMINA ANGOLA (SEMBA)

A presença marcante do Semba no seio social angolano ´nos dias atuais é muito forte; movimento musical e de dança que surge na década de 50 do século XX, e hoje têm fortes representantes desse ritmo a exemplos de Paulo Flores, Yola Semedo, Waldemar bastos, Carlos Burity, Bonga, Yola Araújo, Yuri da Cunha, Puto Português, Matias Damasio, Dog Murras, Rui Mingas, Lourdes Van Dunem, Don Kikas, Patrícia faria entre tantos outros. O Semba fazendo uma tradução livre que dizer Umbigada.

Waldemar bastos angolano compositor de Velha Música:

Antigamente, a velha chica

Vendia cola e gengibre

E lá pela tarde ela lavava a roupa

Do patrão importante

E nós os miúdos lá da escola

Perguntávamos à vovó chica

Qual era a razão daquela pobreza

Daquele nosso sofrimento

Xé menino, não fala política

Não fala política, não fala política

Mas a velha chica embrulhada nos pensamentos

Ela sabia, mas não dizia a razão daquele sofrimento

Xé menino, não fala política

Não fala política, não fala política

E o tempo passou e a velha chica, só mais velha ficou

Ela somente fez uma kubata com teto de zinco, com teto de zinco

Xé menino, não fala política, não fala política

Mas quem vê agora

O rosto daquela senhora, daquela senhora

Só vê as rugas do sofrimento, do sofrimento, do sofrimento!

Xé menino, não fala política

Não fala política, não fala política

E ela agora só diz:

- Xé menino, posso morrer, posso morrer

Já vi angola independente!

- Xé menino, posso morrer, posso morrer

Já vi angola independente!



Confira o Vídeo:



COMENTÁRIOS

Nome

Bahia Brasil & Mundo Cultura Esportes Novidades Política RMS Sem Mesmice
false
ltr
item
O Kotidiano: SEMBA Por Reginaldo Dias
SEMBA Por Reginaldo Dias
https://lh3.googleusercontent.com/-scNSau1o4Oc/YZL9J6bTq3I/AAAAAAAAJN8/8gFsq_WPKLwFwS7y_iMFvF41Facog2MQQCLcBGAsYHQ/w640-h428/image.png
https://lh3.googleusercontent.com/-scNSau1o4Oc/YZL9J6bTq3I/AAAAAAAAJN8/8gFsq_WPKLwFwS7y_iMFvF41Facog2MQQCLcBGAsYHQ/s72-w640-c-h428/image.png
O Kotidiano
http://www.okotidiano.com.br/2021/11/semba-por-reginaldo-dias.html
http://www.okotidiano.com.br/
http://www.okotidiano.com.br/
http://www.okotidiano.com.br/2021/11/semba-por-reginaldo-dias.html
true
4030737518951757951
UTF-8
Not found any posts VEJA MAIS Saiba mais Reply Cancel reply Delete Publicado por Home PAGES PUBLICAÇÕES VEJA MAIS VEJA OUTRAS NOTÍCIAS ARCHIVE BUSCAR POR O que você procura não foi encontrado Voltar a página incial do Portal Domingo Segunda Terçay Quarta Quinta Sexta Sábado Dom Seg Ter Qua Qui Sex Sab Janeiro Fevereiro Março Abril Maio Junho Julho Agosto Setembro Outubro Novembro Dezembro Jan Fev Mar Abr Mai Jun Jul Ago Set Out Nov Dez just now 1 minute ago $$1$$ minutes ago 1 hour ago $$1$$ hours ago Yesterday $$1$$ days ago $$1$$ weeks ago more than 5 weeks ago